Buscar
  • Dr. Pedro Gimenes - Enfoke Palestras Preventivas

Por que a pálpebra do olho treme?

Muitas pessoas durante uma corrida ou caminhada já sentiram seus músculos se movimentarem involuntariamente, esse tipo de reação é muito comum e se chama espasmo, mas você sabia que pode afetar a região dos olhos causando tremor na pálpebra.

Pálpebra tremendo ou “pulando” sozinha, olho tremendo involuntariamente… Se você está com esse sintoma, não se desespere, pois geralmente o problema não é grave e costuma estar ligado ao estresse excessivo da rotina. 


Mas o que causa tremedeira na pálpebra do olho?


Excesso de estresse

Essa é a causa mais comum de pálpebra tremendo. O estresse é um problema que sempre surge com outros incômodos e alterações no organismo, impactando, inclusive, os nossos olhos.

Os olhos também são afetados pelo estresse por causa dos hormônios liberados quando estamos sob essa condição. A adrenalina e o cortisol, por exemplo, impactam a musculatura deixando suas fibras tensas e contraídas, o que também ocorre nas pálpebras, então, surgem os tremores.


Muitas horas em frente ao computador ou celular

Muito tempo na frente do computador, causa cansaço ocular, deixando os músculos dos olhos e pálpebras sobrecarregadas, o que resulta na contração involuntária. Também é uma das situações por que o olho fica seco, pois reduzimos a quantidade de piscadas.


Poucas horas de sono

O sono é essencial para uma manutenção do bom funcionamento do nosso corpo garantindo uma boa qualidade de vida. Quando uma pessoa não têm uma boa noite de sono, os músculos dos olhos ficam mais cansados, o que também deixa as pálpebras fraca e causa o tremor no olho.


Alimentação inadequada

  1. A carência de algumas vitaminas e minerais que são essenciais para o corpo, como a vitamina B12, potássio e magnésio.

  2. Desidratação - quando bebemos pouca água os tecidos desidratam e, no caso das pálpebras, os musculos enfraquecem e acontece os espasmos.

  3. Cafeína - o consumos exagerado de café, porque ele é rico em cafeína, uma substância que, quando em excesso no organismo, promove uma estimulação excessiva. O mesmo pode acontecer com bebidas que apresenta na sua composição estimulantes.


Alergias

As alergias causadas por poeira, fumaça e alguns produtos, causam diversas reações no nosso corpo. Uma delas é a produção de uma substância chamada histamina, que pode chegar às pálpebras e estimular as movimentações do músculo.


Como prevenir e tratar o tremor na pálpebra?

Para evitar o tremor na pálpebra é válido seguir algumas medidas que garantem a saúde dos seus olhos, como:

  • fazer pausas periódicas nas tarefas que exigem esforço ocular;

  • respeitar o período de descanso;

  • beber bastante água;

  • moderar o consumo de substâncias estimulantes;

  • evitar situações estressantes;

  • ter momentos de lazer;

  • evitar o contato com agentes alergênicos.

Mesmo assim, se o tremor na pálpebra se manifestar não se esqueça de que a automedicação oftalmológica é totalmente contraindicada. Por isso, se você sentir tremor na pálpebra procure não administrar nenhum tipo de colírio em seus olhos, a não ser que você já faça uso dessa medicação com a indicação de um especialista.

As únicas medidas que você pode adotar com segurança são o descanso dos olhos e reservar alguns períodos para relaxar, com o intuito de minimizar o estresse. Se o problema for causado por uma alergia, fazer a higienização dos olhos com soro fisiológico ajuda a reduzir a coceira.

Outra medida eficaz em muitos casos são as massagens suaves na pálpebra afetada pelo espasmo. Tenha muito cuidado ao adotar essa prática para não exercer pressão demais no globo ocular, pois isso poderia causar lesões em suas estruturas, que são extremamente delicadas.

Caso essas ações não sejam suficientes ou se manifestem outros sintomas associados ao tremor na pálpebra, procure um especialista. Além disso, mantenha uma rotina de consultas ao oftalmologista para identificar problemas no início e manter o controle da sua saúde ocular.




58 visualizações